Rio Grande do Sul fecha maio com com incentivo de R$ 319,5 milhões para onze indústrias no Estado

Redação 12/06/2023
Atualizada 2023/06/12 at 10:31 AM
Rio Grande do Sul fecha maio com com incentivo de R$ 319,5 milhões para onze indústrias no Estado
Inscreva-se no Google News do Portal de Recuperação

A reunião mensal do Grupo de Análise Técnica (Gate) discutiu os recentes incentivos concedidos a empreendimentos do Rio Grande do Sul, através do Fundo Operação Empresa do Estado do Rio Grande do Sul (Fundopem) e do Programa Estadual de Desenvolvimento Industrial (Proedi). Em maio, o montante aprovado foi de R$ 319,5 milhões, sendo R$ 249,5 milhões provenientes do Fundopem e R$ 70 milhões do Proedi.

No total, dez projetos foram contemplados pelo Fundopem, sendo seis de médio porte, três de grande porte e um de pequeno porte. Esses projetos resultarão na geração de 239 empregos diretos. Além disso, um projeto foi aprovado pelo Proedi, o qual prevê a criação de 140 novos postos de trabalho.

O economista Guidi Nunes afirma que discutir o tema é de extrema importância para o setor econômico no estado.

“É uma reunião importante do Gate para renovar a questão dos incentivos econômicos para o estado do Rio Grande Sul. É fundamental que os incentivos tenham as suas condicionalidades para melhorar a eficiência, condicionalidades envolvendo políticas de desenvolvimento local e regional, política de desenvolvimento setorial, e principalmente nesse momento a questão econômica ambiental e social”, enfatiza o economista Guidi Nunes

Comparado ao mês de abril, o valor aprovado pelo Fundopem em maio teve um aumento de 87,4%, passando de R$ 133,1 milhões para R$ 249,5 milhões. Além disso, foram gerados 70 empregos a mais em maio do que no mês anterior. Os recursos do Fundo Operação serão utilizados para diversas finalidades, tais como ampliação de unidades industriais, instalação de novas plantas, aumento da capacidade produtiva e modernização de estruturas.

Os dez projetos aprovados estão distribuídos em sete regiões diferentes do estado, incluindo Serra, Vale do Taquari, Vale do Caí, Noroeste Colonial, Fronteira Oeste, Central e Norte. As empresas beneficiadas estão localizadas nos municípios de Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Encantado, Estrela, Erechim, Farroupilha, Horizontina, Ijuí, Júlio de Castilhos e Vale Real. Essas indústrias pertencem a diversos setores, como alimentos, bens de capital, biocombustíveis, grãos e cereais, metalomecânico, eletroeletrônico, petroquímica, plásticos, borrachas e viticultura.

Destaca-se que o projeto da multinacional John Deere, localizada em Horizontina, na Fronteira Noroeste, recebeu o maior valor de financiamento, totalizando R$ 145,1 milhões, e resultará na criação de 152 postos de trabalho. A empresa pretende investir na expansão de sua capacidade produtiva, visando aumentar a produção anual de colheitadeiras e plataformas de corte.

Já a SGM Indústria de Cosméticos, sediada em Encantado, no Vale do Taquari, recebeu o menor valor de financiamento, totalizando R$ 992,7 mil. Esses recursos serão utilizados na ampliação e modernização da linha de produção de produtos de higiene e cosméticos.

Um dos projetos aprovados pelo Proedi foi da Fundição Ciron, uma indústria de grande porte do setor metalomecânico, localizada em Alvorada, na região Metropolitana do Delta do Jacuí. Esse projeto prevê a criação de uma planta industrial de fundição de

Fonte: Brasil61

Inscreva-se no Google News do Portal de Recuperação
Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *