Minas Gerais: investimentos em estradas podem incentivar o turismo no estado

Redação 27/05/2023
Atualizada 2023/05/27 at 8:47 PM
Minas Gerais: investimentos em estradas podem incentivar o turismo no estado
Inscreva-se no Google News do Portal de Recuperação

As estradas entre São Sebastião do Paraíso – MG e Três Corações – MG passam por mudanças, como melhorias na malha rodoviária, o que facilita o acesso às cidades reconhecidas como importantes destinos turísticos. O trecho Varginha-Furnas foi leiloado na última quinta-feira (25), na Bolsa de Valores (B3), em São Paulo, o que garantiu investimentos de R$ 2,6 bilhões na região.

Segundo Guidi Nunes, economista e diretor financeiro da Cooperativa Brasileira de Serviços Empresariais, o turismo é uma indústria que agrega valor. “Então se tiver além do plano de desenvolvimento do setor turístico de Minas Gerais, planos de desenvolvimento local desses municípios, quer dizer, investimentos com uma perspectiva de integração, que se conectam com outros investimentos e planejamentos setoriais, ajuda demais”, enfatiza.

As obras estão sendo realizadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) com apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e vão impactar diretamente no fluxo turístico dos 22 municípios cortados pelas rodovias.

De acordo com o governo de Minas, na região do Lago de Furnas, também conhecido como Mar de Minas, destaca-se Capitólio, que tem tudo para receber mais turistas com as estradas restauradas. O município é uma das 31 cidades banhadas pelo lago artificial. A atividade turística representa 63% da economia da cidade, que segundo dados do IBGE registrou PIB de R$ 286.279,18, em 2020.

A concessão concluída a partir do leilão injetará recursos para aumentar a segurança e o conforto nas vias, com a inclusão de serviços como socorro mecânico, atendimento médico, combate a incêndios e apreensão de animais. A expectativa é que os motoristas se sintam mais confortáveis para pegar a estrada, o que deve estimular a movimentação turística no Sul de Minas.

O economista destaca que o plano de desenvolvimento local e regional em Minas Gerais, conectado ao plano de desenvolvimento setorial do setor de turismo, é fundamental para potencializar os investimentos públicos.

Veja Mais:

Fonte: Brasil61

Inscreva-se no Google News do Portal de Recuperação
Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *